Motivação, Como vai a sua?

Por Carolina Silva

Por que algumas pessoas vão mais longe do que outras? Por que conseguem melhores resultados em menos tempo? Todos nós desejamos ser “as pessoas que dão certo”, não é mesmo?!

Ter um talento especial não explica o fato de algumas pessoas destacarem-se. O talento por si só não explica o sucesso. Será então o grande esforço? Também não, pois há muitas pessoas suando de sol a sol que não obtiveram sucesso. Logo, entendemos que o trabalho é um componente, mas não determina o sucesso do indivíduo.

Se o talento e o esforço não garantem o sucesso, então o que garante? A Motivação!

Motivação é a capacidade de perseguirmos sonhos, de mover-nos em direção à objetivos definidos.

Para você, motivação e incentivo são iguais? A motivação é diferente do incentivo, porque este último é um elemento externo, o outro nos dá incentivo. Já a motivação é um elemento interno, depende exclusivamente do nosso desejo e da nossa ação.

A motivação é mais importante que o incentivo, pois nos permite o movimento necessário para conquistarmos o futuro que almejamos, enquanto o incentivo só é útil para a pessoa motivada.

Todos nós conhecemos casos reais de pessoas que superaram grandes obstáculos e que tiveram sucesso mesmo com um histórico de vida difícil e sofrido. Você pode verificar este componente pessoal da motivação, ao comparar a trajetória dessa pessoa com a das outras pessoas que viveram na mesma condição que ela. De um modo geral, as pessoas estão reclamando do governo, da crise, do mundo e aguardando que a situação mude para que, então, elas realizem seus sonhos.

Contudo, a pessoa que temos como modelo motivacional jamais espera por uma mudança, ela vai à luta e constrói a mudança, é uma pessoa em movimento, que vai atrás do que deseja e realiza todos os seus propósitos.

A diferença que podemos perceber tem a ver com a atitude que o indivíduo coloca em relação à tudo que faz. Essa motivação, essa capacidade de fazer a diferença, é a base da construção do sucesso.

Sendo assim, fica evidente que o gerenciamento do talento, a aplicação de esforço e o aproveitamento inteligente de oportunidades são imprescindíveis, mas é a motivação a argamassa que liga tudo isso e dá a consistência necessária para a construção de nossos propósitos.

E essa matéria prima só nós podemos colocar em uso. Afinal, como disse Henry Ford, “se você acredita que é capaz, ou se acredita que não é capaz, de qualquer forma você tem razão”. Em que você acredita?

Carolina Silva

Carolina Silva

Fundadora em Educação Corporativa Carolina Silva
Administradora de empresas, proprietária da ECCS, cuidando da Gestão e Desenvolvimento de Pessoas.
Carolina Silva

Últimos posts por Carolina Silva (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *