Carreira e Cotidiano

Seja alguém na vida

Foto: Érica Rodrigues

Você já deve ter ouvido em algum momento da sua vida, estude para ser alguém na vida! Trabalhe para ser alguém na vida! Não tenha preguiça assim você vai ser alguém na vida! Não desista se não, não será ninguém na vida!

E você tomou essas palavras quase que proféticas e carregou o peso de ser Alguém na Vida! E como seria esse alguém? Ai vem a grande questão que quero refletir com Você.

Esse alguém na Vida, agora cansado, mais maduro e entendido das coisas, cheio de trabalho achando que se trabalhasse 12 a 16 horas seria alguém, sim, é alguém acometido de crises existenciais, problemas cardíacos e crises de ansiedade, reprimindo os sentimentos para não demostrar que não quer mais, ser esse Alguém na Vida! Quer ser outro, viver outros sonhos, percorrer outros caminhos, e para isso terá que deixar muitas pessoas, crenças e a esse falso terreno estável para trás.

Ser alguém na Vida, não se trata somente de afazeres, comportamentos e decisões. É muito além disso, é não deixar a vida a deriva, é lutar pelo que quer, é falar sobre os desconfortos e compartilhar a vida com os outros. Dessa maneira que se constrói vida, vivendo de altos e baixos de movimentos e contradições. E não se esquecer de o tempo todo fazer pausas, pensar e repensar hábitos, a dinâmica que escolheu e as batalhas que decidiu lutar.

E sempre se lembrar que você é Livre, para ser o que quiser, e se não gostar, mudar, e mudar novamente e quantas vezes forem necessárias até que se agrade da imagem no espelho e se orgulhe da sua historia passando no telão, dizendo, sim essa Vida foi eu quem fez, esse “alguém na Vida” sou Eu o protagonista.

Seja alguém na Vida! É sim, ser alguém que se ama, que se cuida, que vai à luta, pode até desistir das pessoas e das situações, dar vários passos para trás, mas nunca desiste de Si mesmo. Seja sim alguém na Sua Vida, lute, conquiste e comemore, faça e refaça planos, mude quantas vezes quiser. E lembre-se diariamente, não seja em hipótese alguma alguém que você não quer ser.

Érica Rodrigues

Psicóloga clínica, pós graduada em Psicanálise e Gestão de Pessoas.

Você também pode gostar...