Simular um currículo pode prejudicar sua carreira

Os processos seletivos estão mudando e cada empresa tem um método diferente de aplicação, algumas utilizam métodos mais tracionais outras já preferem dinâmicas de grupo, que já ganharam espaço e os testes estão ficando cada vez mais audaciosos.

Mas antes de ser convidado para uma entrevista, uma coisa ainda não mudou, é a preparação do seu currículo. Ele é o que vai atrair o olhar do recrutador, e te fazer receber aquela ligação tão esperada.

O seu currículo pode ser o vilão caso não tenha sido selecionado para uma entrevista, ele é o cartão de visita para quem busca uma recolocação no mercado. Bem estruturado e com conteúdo atualizado pode ser o seu passaporte de entrada na organização. Por tanto, não crie um currículo falso, mentir sobre datas, atividades e funções não vai te levar muito longe.

É muito provável que para atingir determinados cargos, você precise mostrar sua experiência na função anterior, e, se não teve tempo pra isso pode não ter o que mostrar, não é mesmo?

Para a sua contratação é preciso se enquadrar na função, no perfil da vaga e da própria empresa. Os bons profissionais buscam um projeto interessante, empresas onde eles possam crescer, querem se sentir desafiados, isso em qualquer função. Tenha um plano pra você, para a sua carreira e não uma carreira de empregos. Uma mentira no seu currículo pode levar esse plano ladeira a baixo e causar sérios transtornos à você.

Em caso recente, um futuro ex-ministro da Educação apresentou um currículo com informações desencontradas, e chegou a nem assumir o cargo.

Aperfeiçoe os seus interesses, conclua atividades iniciadas ou especifique no seu currículo (não concluído), se for o caso exponha os motivos em breve apresentação, ou mesmo na entrevista, mas de forma alguma simule seu currículo. Esse tipo de atitude poderá refletir não só na entrevista, como na sua carreira de forma negativa.

Mentiras mais encontradas em currículos e entrevistas:

Idioma (Pense que parte da sua entrevista pode ser na língua mencionada)

Formação (Informe se concluiu ou não os estudos, não mencionar e depois ser descoberto, vai gerar desconforto)

Experiência (exaltar uma experiência ou atividade pode não cair bem)

DICA: Ao se sentir inseguro em uma entrevista, você pode ter algumas atitudes que ao invés de ajudar vão lhe prejudicar. Para não errar, mencione no seu currículo somente atividades que você tenha executado. SEJA VOCÊ! nas palavras e atitudes, sincero em suas respostas. Claro! Mantendo o discernimento e bom senso.

_____

Ouça o nosso Podcast com a Rafaela Camargo as Principais habilidades em tempos de conflito.

Utilize a hashtag #PortalEC nas redes sociais e compartilhe!

Entre para o Canal Espaço Corporativo, no Telegram. Informações & Conteúdos & Oportunidades.