Cotidiano

Sua palavra tem poder

Você sabia que a sua palavra é capaz de criar?

Você sabia que a sua palavra é capaz de destruir?

E que a sua palavra tem o poder de te desmotivar ou incentivar?

Em uma determinada situação da vida, duas pessoas totalmente desconhecidas passam a trabalhar juntas, e com o convívio percebem que tem muito em comum, que compartilham das mesmas aspirações para o futuro, tem princípios e valores semelhantes, trocam ideias e fazem planos. Em certo dia e em uma conversa à toa, falam sobre a visão de futuro e percebem que podem construir algo juntas, essas palavras antes jogadas em uma conversa paralela, passam a ser incentivadas, e com uma atitude corajosa agora tem o poder de tirar um sonho do papel, planejar, replanejar, mudar o percurso quantas vezes forem necessárias e tornar o sonho em uma realidade palpável. Vibram e comemoram a conquista“

A palavra que sai da sua boca é a mais pura expressão do seu pensamento, é a maneira que escapa ao seu controle e que manifesta o que esta acontecendo internamente na sua mente. Você já deve ter visto essa historia acima contada, acontecer com muitas pessoas consideradas bem sucedidas. Perceba que tudo começou com o uso das palavras, quando colocadas dentro de uma conversa paralela, inicialmente para falar sobre uma ideia e logo mais acaba por traçar um futuro. Não são palavras soltas ao vento, são vislumbradas, e com a generosidade da vida, acaba por colocar pessoas que contribuem para a realização do sonho, por meio de palavras de incentivos, conhecimento e partilha.  A palavra pronunciada é um ensaio para cada ação, é como uma profecia sendo proferida e que será seguida religiosamente até que seja executada e concluída. A palavra é uma das maneiras de expressar as conquistas e alegrias, angustias e tristezas, e mais importante exibe a nossa personalidade, escancara a nossa identidade, desejos e limitações. Ela é uma das formas de comunicação, e que carrega a mensagem que pode ser a cura, o acalento e o consolo, ou a destruição, tudo depende de como você escolhe articulá-las. Por isso o amadurecimento interno e emocional pode contribuir para o uso adequado das palavras, e mesmo que seja em uma conversa difícil não correrá o risco de pesar.

Quando temos consciência sobre quem somos, as palavras são muito importantes e não soltamos de qualquer maneira para o outro. Porém se a maior parte dos pensamentos que habitam em nós são pessimistas e desprovidos, acabam por refletir o nosso mundo interno empobrecido, e assim serão lideradas as atitudes também pessimistas e carentes de todo nosso potencial. No entanto se nossas palavras são “empoderadas” de autoconhecimento e autocuidado, proferidas de maneira otimista e incentivadora, as ações que procedem são igualmente fortalecidas e alcance do tão esperado sonho é inevitável.

Cuide das suas palavras, pois elas refletem a sua vida e ecoam por anos e anos no universo.

Érica Rodrigues

Psicóloga clínica, pós graduada em Psicanálise e Gestão de Pessoas.

Você também pode gostar...